Todos os posts de Voni Pottle

MUDANDO MÓVEIS

Eu quero reorganizar a mobília na sala! Nós temos vivido aqui por três anos e está na hora! (Eu acredito que todas as mulheres entendem.)

Na nossa sala de estar, o mobiliário é volumoso com assentos reclináveis, tanto no sofá e na sofá menor – e a área é pequena. O sofá menor se estacionou na frente da janela, bloqueando parcialmente a luz e a vista exterior, bem como ar condicionado.

Estou inquieto, tentando analisar. De repente, eu vejo! Mover o sofá menor para esta outra parede,e a mesa em frente da janela … .Eureka! É isso aí!

As pessoas vêm para fazê-lo. (Frustrante que não somos capazes mais de fazer algumas dessas tarefas simples.) Eles movem o sofá e começam a vácuo antes de passar a mesa…

Eu olho para a sala em estado de choque! Ela parece maior! mais espaçosa. Nós não precisamos de mover qualquer outra coisa! Eu estou feliz! Assim é o meu marido. Eu tenho que rir, sabendo que nossos motivos estão bem diferentes. (Eu – como diferente a sala parece! Ele- só moveu uma peça de mobiliário e ela está satisfeita!). Agradeço a Deus por a diferença na sala!

Hoje à noite eu comecei a pensar do que está acontecendo com alguns dos quartos em minha mente que abrigam diferentes atitudes? Eu tenho verificado a sala de perdão ultimamente? Preciso perdoar qualquer coisa guardada lá, deixando entrar ar fresco e luz? (Eu reconheço que cortesia para alguém não significa que eu tenho o perdoado.)

O perdão significa que eu abro a mãp, colocando as machucas para fora da sala no meu coração e dando a Deus para que Ele cuidar. Que diferença de um tal ato faz! Uma simples mudança de atitude e eu tenho vistas frescos e mais espaço em meu coração para armazenamento de agradecimento e gratidão.

E você? Você precisa mover algumas móveis? – Voni P.

Salmo 23 – O Antibiótico Espiritual

Memórias do passado: Maio de 1987

Estou desesperada! Sem esperança. Eu mal consigo racionar logicamente, porque meus pensamentos giram em círculos.

 

Há muitos anos meu esposo foi demonstrando por atitudes, mas agora é em claras palavras: ele não me ama mais, e ele deseja que eu VÁ EMBORA! Este casamento de 40 anos está MORTO, TERMINADO, FINDO.  Ele me traiu em todas as maneiras possíveis.

 

Como eu posso colocar e processar tudo junto em minha mente? Eu não tenho nem palavras para orar, exceto “SOCORRO”. O Espírito Santo me ouve implorar, e vê as minhas lágrimas. Ele me lembra de algumas palavras, e uma lição que ouvi há muitos anos atrás. Ele puxa a memória de dentro do meu cérebro aterrorizado e anestesiado.

 

“O Salmo 23 é um antibiótico spiritual”.

Isto é a verdade! Qualquer que seja a crise que esteja enfrentando, eu estou precisando deste antibiótico!

Neste momento, à medida que vou lembrando daquela lição do passado, eu começo a escrevê-la.

 

Aqui abaixo está o que escrevi e comecei a seguir.

 

Instruções para usar o Salmo 23 como antibíotico:

Copio as palavras do Salmo 23 em alguns pedaços de papel. Coloco um em minha cabeceira, outro no espelho (ou perto dele,) outro em minha carteira,  outro em meu bolso, para que sempre seja fácil para achar um deles.

 

 

Dosagem:

Pego o papel e leio verbalmente todo o Salmo 23, pensando nas palavras. (Isto pode ser feito numa voz bem baixo ou ALTO – dependente de mim)

 

Somente basta lê-lo oralmente – Não para estudar – somente para leitura.

 

Frequencia da dosagem: a cada 4 horas ou como segue –

De manhã – antes ou ao se levantar

No meio da manhã

Ao meio dia – durante o almoço

Na metade da tarde

No jantar – durante a comida

Antes de dormir: Eu sento ao lado da cama enquanto eu leio, porque estou tão cansada que há possibilidade de dormir antes de terminar

 

Período da dosagem:

30 dias.

 

IMPORTANTE!

Como todos os antibióticos, quando alguém começa a sentir os resultados da medicação, quer desistir da medicação.

ALIÁS, MANTENHA A DOSAGEM COMPLETA POR 30 DIAS.

Eu tomo o antibiótico, e em duas semanas eu me sinto melhor: eu continuo triste e angustiada, mas começo a pensar melhor e tenho metas mais claras.


Eu penso a respeito de parar a dosagem, mas continuo: graças a Deus que eu fiz!
Antes do final dos 30 dias a palavra de Deus no Salmo 23 começou a fazer  parte da minha vida diária. As palavras passaram do meu intelecto para meu coração, e começaram a me mudar. Meu primeiro foco agora é no meu Deus e Senhor: não sobre meu esposo. Eu aprendo uma lição muito importante. Aquela ovelha que Jesus está carregando – sou eu! 

 

Isto aconteceu em 1987. Agora é 2015.

Eu tenho usado este antibiótico muitas vezes nesses sucessivos anos. Isto tem mudado minha vida, trouxe novo entendimento, sempre traz mais saúde espiritual, o que também afeta a saúde e o corpo físico.

 

– Com amor

Voni

 

EXPERIMENTE ISTO VOCÊ MESMO!
E me diga como este antibiótico ajuda voçe.

Uma Conversa Que Ninguém Quer Ter…

Estamos sentados ao lado de nossa pequena mesa (onde duas pessoas podem sentar-se confortavelmente). A brisa está soprando através do nosso apartamento em Natal e nós acabamos de almoçar. É um desses momentos que a gente depois pode olhar para trás até com espanto, de tão especial e raro que é. . .

Nenhum de nós quer sair da mesa.

Joe sentado com um olhar distante.

– Voni: “O que você está pensando?”

– Joe olha para ela. “Eu quero ir para CASA”(céu)

– Voni: “. Eu sei que você quer… Você quer fazê-lo por um longo tempo”

– Joe: “Quer dizer, eu quero ir para CASA, agora! Pois não há nada me segurando aqui, exceto por uma coisa que eu sentiria falta . E você sabe o que é ? Você.! ”

-Voni (sorrindo com amor): “Sim, mas eu também sei que você vai ter um tempo incrível com Melz (maravilhoso primeira esposa de Joe!) E Craig (o filho deles , que foi estar com o Senhor há muitos anos), sua família e os amigos lá, e com o Senhor !!! “”Eu sei que o Senhor vai  te levar para CASA quando for o momento certo. Mas você precisa saber que eu, também, estou pedindo uma coisa dEle.”

– Joe: “O quê?”

– Voni: “. Que Ele não o leve , enquanto estivermos aqui no Brasil”

– Joe: “Por que isso?”

– Voni: “. Porque seria tão complicado para cuidar de você e tomar todas as providências. Eu quero estar onde estaremos próximos da família, para ajudar uns aos outros.”

Joe sorri:  – “Mas se eu me for, nada disso vai me incomodar!”

Voni olha para Joe, sabendo que ele espera para ir para o céu antes dela .
– “Eu sei que não iria incomodá-lo, mas certamente me incomoda!

Não me sinto capaz de tomar conta de tudo sozinha! Assim , NÃO vai para CASA enquanto estivermos aqui no Brasil, ok? ”

Joe, sorrindo, fica de pé: – “Entendi!” e a conversa acaba.

Voni se senta à mesa por alguns minutos e fica pensando, falando com Deus, esperando que Deus, Joe e ela estão de acordo.

INDO PARA O DESCONHECIDO Julho 1967

Eu estou de pé olhando através da escuridão, esforçando-me para ver a figura solitária do meu irmão apoiado por suas bengalas, com as costas contra a parede de um armazém. A doca está completamente vazio. Também aqui no convés do navio. Todos dos amigos e membros de familias já  foram para casa algumas horas atrás. Só meu irmão permanece lá e eu aqui. Muitas vezes eu estou chateado com ele para o que ele chama de “determinação” e eu chamo de “teimosia”. Mas, hoje as duas horas de manhã, eu sou grata ao vê-lo lá.

 

O barulho dos guindastes que carregaram este navio japonês cargueiro / passageiro e as vozes gritando dos trabalhadores já cessaram: o frete levou muito mais tempo para colocar dentro do návio do que foi esperado e estamos quase oito horas de atraso para sair do porto. Tudo é abençoadamente quieto e tranquila … a maioria dos passageiros já estão em suas cabines.

 

Minhas mãos sobre o corrimão sentam uma vibração silencioso. Os motores do navio estão começando, e meu estômago é tensa. Eu vejo como as linhas de papel crepe, coloridas em miríades de cores, que estão entre o navio e o cais estão levantadas para fora da água e, em seguida, quebram ou caem fora do cais e o návio. Eu nunca tinha entendido a experiência emocional de assistir a separação do navio do cais.   Hoje à noite eu entendo, com lágimas. O návio se vira para o mar e a figura de meu irmão se torna menor, em seguida, desaparece na escuridão.

 

Continuo ali de pé, olhando para a escuridão, com intervalos de luz no porto, enquanto o návio lentamente sai do porto.    Eu ainda tenho as minhas mãos sobre o corremão assistindo como os rebocadores jogam fora suas linhas de nosso navio,  e o piloto nos  navega  para fora, entrando nas ondas do Oceano Pacífico.  Meu irmão está dirigindo o carro dele para um hotel em Long Beach, CA. e nosso návio está deixando tudo que conheço nos Estados Unidos lá, atrás.

 

Uma brisa fresca do mar me pega enquanto o navio aumenta sua velocidade. Eu tremo: afastando-se do corrimão passo minha mão para tirar as lágrimas do meu rosto, andando para a nossa cabine onde os meus filhos e marido estão dormindo.  Silenciosamente, entro a cabine e em seguida, vou para meu beliche de baixo. Os novos sons de um tilintar de copo de vidro no seu suporte, as cortinas tocando              contra a janela rondada,  os meus filhos mais jovens mexendo em seu sono, a vibração dos motores do navio … novos sons, uma nova vida.

 

Estou preparado para isso? Eu não sei. Estudei sobre comunicação inter-cultural, choque cultural, culturas diferentes e atitudes. Mas o estudo e preparação, são diferentes do que vivê-la. Como é que os meus cinco filhos vão se adaptar? 15, 14, 12, 5 e 3 anos:  eu não tenho idéia. Eu reconheço que, pelos padrões da maioria das pessoas, esta mudança para o Brasil é absolutamente louco! Às vezes, durante os   últimos anos de preparação, eu também passei horas de dúvida. Mas cada passo de obediência nos levou para o próximo passo até que, esta noite, estamos neste navio, navegando para uma nova vida.

 

Senhor, nós estamos indo definitivamente para o desconhecido. Não tenho nada para a segurança que não seja O Senhor. Por favor, cuidar de nós. Mostre-me as coisas e pessoas como o Senhor as vê. Dá-nos sabedoria. Protege os meus filhos e marido e eu. Quero pendurar firmemente em Sua mão. . .

 

Os sons tranquilos e um corpo e mente exausta ajuda-me adormecer. Amanhã vai começar a próxima fase da minha vida.

 

– Voni

 

 Você já deixou tudo para trás emocionalmente ou fisicamente?

você pode identificar com as emoções do navio partindo de tudo voce conhece?

Sabe como é bom  estar pendurada na mão de Deus?     

globe7
God Is Aware

                                                                             

2016 Abril

Mais uma vez estamos entrando o desconhecido.  Joe e eu partiremos do Brasil dia 3 de maio.

Andando caminhos no desconheido sempre faz parte de nossas vidas, andando com O Senhor.  Que me dá coragem é o fato que Ele está segurando as nossas mãos.


ESTES VERSÍCULOS ME AJUDAM.

 

Isa 41: 9-13

9 Eu te tirei os confins da terra,

dentre os seus mais eu te chamei.

Eu disse, ‘Tu és o meu servo;

Eu te escolhi e não te rejeitei.

10 Portanto, não temas, porque eu sou contigo;

não te espantes, porque eu sou teu Deus.

Eu te fortaleço, e ajudá-lo;

Eu o segurarei com a destra da minha justiça.

 

11 “Todos os que tem raiva contra você

será certamente envergonhados e confundidos;

aqueles que se opõem a você

serão como nada e perecerão.

12 Ainda que você procurar por seus inimigos,

você não vai encontrá-los.

Aqueles que travar uma guerra contra você

serão absolutamente nada.

13 Porque eu sou o Senhor, vosso Deus,

que toma conta de sua mão direita

e diz-lhe: Não temas;

Vou te ajudar.

NVI

Pensamentos Aleatórios: INDO PARA CASA

 

from Free Vector
from Free Vector

      Comecei escrever isto em Portland OR. USA  antes do dia de Natal,  enquanto nós estavamos arrumando para nossa viagem para Natal, RN, em Brasil.

   Completei este post no 26/01/2016 em Natal.    

 

 A palavra ”lar” é muito usada todos os dias, até com centenas ou milhares de conotações. Eu posso mencionar diversos adjetivos, do mais negativo ao mais positivo – espalhando-os na mesa para as pessoas escolherem um. No final não sobrariam adjetivos nas mesas porque as pessoas levariam em seus corações a descrição de “lar”.

 

Para mim, a palavra “lar” é agridoce, como miríades de memórias que fluem em minha mente. A infância na fazenda. Meus dez anos na pequena cidade. Todo este tempo com pais amorosos. Eu sou uma adulta afortunada com lembranças de amor no “lar”. Quando a vida pelo mundo afora era solitária e dolorosa, eu ainda tinha o meu refúgio no lar. Como criança, aquilo me deu a estabilidade no meu relacionamento com Deus, pois Ele estava lá.

 

Em seguida vieram: casamento, crianças, “lar” continuamente mudando de lugar. Uma vez que meu jovem esposo procurou uma ocupação significativa e gratificante, agora era minha vez para buscar criar uma atmosfera de “lar” para meus filhos, um refúgio alto para que quando eles voltassem do mundo que fora é estressante e pesado.

 

Ao longo dos anos, eu vivi em mais de 50 casas ou apartamentos, mudando em cada lugar com o objetivo de criar um “lar”.

Eu aprendi a odiar mudanças, desmanchando uma casa física, empacotando e mudando. Entretanto, eu encontro alegria em desempacotar e no desafio de criar um “lar” mais uma vez.

 

(Um pensamento eu tenho, que talvez voce vá achar um locuro.
Eu creio que algumas estruturas físicas nos dissuadem de formar um lugar chamado “lar”. Outros locais nos encorajam como tivessem braços abertos, e é uma alegria gerar beleza.)

 

Algumas vezes, a vida atinge nossos corações e nossos lares com inesperadas tristezas. Em outras ocasiões, alegria e contentamento enchem nossos corações e lares.

 

 

****************************************

 

22 Dezembro 2015
Neste ano, ao invés de decoração natalina, nosso apartamento em Portland ficou cheio de malas – inclusive em cima de nossa cama. Esta noite, estamos dormindo na sala no nosso sofá cama.

 

O dia 23 será cheio de detalhes que precisamos terminar e que parecem intermináveis de terminar. Nós estamos nos preparando para deixar o apartamento em Portland, Oregon, para viajarmos juntos para o nosso pequeno apartamento em Natal, RN, Brasil.

 

(Em 2012, eu tive que criar outro “ninho” para nós morarmos em Natal, depois que, em outubro de 2011, Joe teve que retornar para os Estados Unidos por causa da sua saúde. Em julho, 2012, eu fui para EUA de ficar com Joe, e eu tive trés cirurgias.  Era uma época muito dificil para nós dois.)

 

Agora nós retornamos juntos para Natal, para o nosso “lar ninho” por alguns meses, até este momento não estamos certos por quanto tempo.

Preparar esta viagem não foi facil … você iria dar muitas risadas se pudesse ver as diversas maneiras que tivemos de organizar as coisas;  mais uma vez percebemos que nossos corpos tem 83 anos e necessariamente não cooperam com o comando que nosso cérebro lhes dá.

 

Agora mesmo, meu corpo está me dizendo que eu preciso dormir mais antes de eu enfrentar este dia. Meu cérebro e coração querem finalizar e compartilhar isto contigo. Quando você ler isto, saberá quando conseguir.

 

(15 de janeiro de 2016 ) Eu estava impossibilitada de finalizar isto antes de sair dos Estados Unidos. Agora eu estou em Natal e ditando isto antes de postá-lo em meu blog).

 

Na véspera e no dia de natal estávamos no avião, a caminho do “lar”, celebrando em nossos corações o milagre do nascimento do nosso Senhor.  No dia seguinte ao natal (26), o Senhor permitiu que chegássemos ao nosso “ninho” em Natal.

Eu estarei compartilhando mais daqui com você.Cup of Coffee

– Voni

 

Salmo 121:7-8

7 O Senhor te protegerá de todo mal –

8 O Senhor te guardará na tua ida e vinda

   Ele olhará sobre tua vida

   agora e para sempre.

   NTLH

 

 

ENIGMÁTICO QUEBRA-CABEÇA

hands_jigsaw_puzzle

                   

 Eu estou em pé olhando o quebra-cabeça.
A borda externa está pronta: você conhece todas aquelas peças com pelo menos uma linha reta que eventualmente nos mostra os limites físicos do quebra-cabeça. Em cima da mesa estão agrupamentos de cores diferentes, desenhos, cuidadosamente separados. No interior da borda, as peças são fixadas no lugar, o quebra-cabeça está tomando forma, vindo do centro diferentes tipos de ângulo.

A pessoa que está fazendo o quebra-cabeça deve ter a paciência de Jó. É certo que eu não tenho isto.

Em pé, olhando a quebra-cabeça, começo lembrar há anos atrás 

1977 – a primeira vez meu marido se separou de nossos filhos e eu . . .

Nós estamos morando em Belo Horizonte, nossa casa do lado da montanha com vista para a cidade. Eu amo a vista do céu da nossa grande varanda.

Nesta noite, eu sentei e assisti a mudança de cores  no arco celeste que paira sobre o vale e o coração da cidade de 3 milhões. Enquanto o sol rapidamente desaparece atrás da montanha à esquerda, à minha direita a escura noite no está deslizando acima por trás das montanhas. Esta é minha casa.  Aventuras aqui? Muitas! Risadas? Sim, juntamente com lágrimas banhadas com orações.

Eu estou imóvel, olhando para o céu; sentindo a brisa e a mudança da temperatura enquanto o sol desaparece da vista e de repente é noite aqui. Eu sinto um leve frio, mas eu não quero entrar. Eu tenho muito para discutir com Deus. 

A casa está mais vazia. Nosso filho mais velho casou-se e vive nos Estados Unidos. Nossa filha mais velha casou-se nesta sala de estar, bem atrás de onde me encontro. Nossa segunda filha está se preparando para ir estudar nos Estados Unidos.  Isto significa que apenas nossos três mais novos estão em casa.

Na realidade é somente uma casa, não um lar. Meu esposo colocou ela à venda, e meus três filhos mais novos e eu temos que encontrar um lugar para viver. Ele prefere não viver conosco. Eu prefiro não ficar em Belo Horizonte, porque que tipo de exemplo  somos nós? mas para onde iremos? Eu não tenho ideia.

Ideias de diferentes lugares me ocorrem à mente enquanto enfrento esta nova realidade. Um dia, eu estava sentada no carro em total desespero, falando com Deus. Eu ouvi uma voz (em minha mente ou fora de minha mente, eu não sei – mas foi audível) dizendo-me “vá para os Estados Unidos”.

O Senhor sabe que eu não quero ir para os Estados Unidos. Eu lhe disse: “Ok,iremos. Mas se o Senhor deseja realmente que vamos…” e eu lhe dei uma lista de coisas que deveriam acontecer para nós viajarmos. Eu pensei que estaria segura, porque as necessidades reais serem absolutamente impossíveis a acontecer no tempo certo.

A resposta de Deus …

Quatro meses mais tarde, a casa foi vendida, eu tenho empacotado e guardado algumas coisas no sótão (com a permissão do novo dono), vendi a maioria dos móveis. Lanae  e nosso mais novo filho, Joãozinho, partiram em um avião para os Estados Unidos enquanto nossas duas filhas e eu continuamos acampadas dentro da casa enquanto eu terminava os papéis delas de viagem

O dia finalmente chega.

Meu separado-esposo* nos leva de carro da cidade para o aeroporto. Eu oro todo o trajeto para que Deus não nos deixe entrar naquele avião:  que o motor estrague ou alguma coisa! Deus nos condiziu para o aeroporto sem problemas nenhum.

As duas garotas e eu embarcamos no avião para o Rio, de lá em outro avião para Miami. Outro avião para Dallas/Forth Worth, então no último avião para Portland. É uma longa viagem … indo para o desconhecido, especialmente difícil porque não quero estar aqui!

O que isto tem a ver com quebra-cabeça?  

Uma viagem como esta é desgastante e as perguntas estão golpeando minha mente. Deus, por quê? O que irá acontecer? Senhor e, aquelas vidas em Belo Horizonte com quem eu tenho compartilhado sobre o Senhor? O que vai acontecer com elas?Por que nós precisamos partir?

Em minha mente, eu vejo um quebra-cabeça sobre a mesa. A borda externa está no lugar, algumas peças do quebra-cabeça espalhadas sobre a mesa, aguardando sua vez para serem colocadas nos seus lugares. O Espírito Santo** me mostra que aquelas peças devem ser colocadas na ordem correta. Não há nenhuma maneira de simplesmente colocar peça no meio a menos que haja um lugar específico para fechar a combinação.puzzle piece and hands

Meu Pai, Deus, está agora me tirando fora deste quebra-cabeça.

Algumas peças precisam ser colocadas em seus lugares antes que Ele possa me usar ali novamente. Eu posso gritar, espernear e chorar; ou eu posso confiar Nele, relaxar e deixá-lo usar-me onde e quando Ele quiser fazê-lo. A escolha é minha. Sou eu quem decide.

Isto é ainda verdadeiro hoje em 2015.

Ele continua usando você e eu nos quebra-cabeças da vida. Há muita coisa que eu não entendo! Ele é o desenhisto do quebra-cabeça e sabe onde as peças se encaixam. Eu não.  Minha função é colocar a minha vida em Suas mãos, deixando Ele me colocar onde Ele quizer.

É um desafio às vezes, sim! No entanto, quanto mais eu vivo mais alegria eu encontro em amar e confiar em Deus – o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Todos os dias, alguns com alegria, outras vezes com lágrimas; e ELE está sempre aqui comigo. Ele me desafia – em Sua Palavra e em minha vida – a crer Nele. Quando eu o faço, eu descubro alegria e paz inimagináveis! Quando eu não creio Nele, eu sou miserável. Acredite-me, vale a pena crer Nele!  

E sobre você? Qual é sua posição no quebra-cabeças da sua vida? Ele está movendo você de um lugar para outro? Você precisa sair de um velho quebra-cabeça para ser usada num novo? Você está sofrendo, enquanto aprende a confiar?19095279-two-3d-people-are-putting-the-last-puzzle-piece

  2 Cor 1:3 Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdia e Deus de toda a consolação, 4 que nos consola em toda a nossa tribulação, para podermos consolar os que estiverem em qualquer angústia com o conforto que todos nós já recebemos de Deus.  NVI

Voni

Notas:
 * separado-esposo – Eu não estou mencionando seu nome. Ele está vivo e eu respeito a privacidade dele.
** Espírito Santo – eu não estou sendo super espiritual. Ele tem diferentes maneiras de falar com cada um de nós. Você está ciente de como Ele fala com você?

EU SOU UMA CANECA RACHADA?

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Estou na bancada do caixa. A caixa segura minha compra: “Senhora. Você está ciente que esta caneca está com defeitos?”

Eu apertei meus olhos para olhá-la mais perto. Ela está certa. O que parece ser uma rachadura, na realidade não o é, está incrustado na caneca. Eu quero a caneca de café assim mesmo, com defeito ou não. Então eu pechincho com ela, ganho um desconto e saio da loja feliz.

Por alguma razão, eu amei essa canequinha. Ela está na medida certa para uma caneca pequena de café, e eu fico feliz só de olhar para ela. Eu amo até os defeitos. Todos lá em casa sabem que aquela é a “caneca da Voni” e isso é bom quando tomo café.

Eu uso esta caneca constantemente.

Nós não temos uma lava-louças (você já percebeu que sem uma lava-louças mais coisas caem e quebram?), e o que
eu temia aconteceu – minha caneca caiu e a alça quebrou. Mas eu posso usá-la assim mesmo e eu uso.

Mas agora, meu esposo está querendo saber o que está errado comigo. Nossa cozinha está repleta de muitas canecas de café que usamos para nossos estudos bíblicos e nas reuniões,  quando o apartamento está cheio de pessoas. (Eu amo estes momentos!) .

 Cup of Coffee

Por que ainda estou usando esta pequena caneca de café sem alça? Ele  me olha e balança a cabeça. Eu não preciso lhe perguntar o porquê daquele olhar: depois de 24 anos de casamento nós conhecemos muito bem a linguagem dos nossos corpos.

Até tiro fotos da minha caneca. O que está acontecendo comigo?

Em uma tarde surpreendente calma, eu estou sentada na mesa da cozinha bebericando um café quente e fresco (usando a minha caneca rachada) olhando pela janela e pensando a respeito destas coisas, e, inesperadamente, eu entendo.

Isto é porque eu, também, sou “uma caneca rachada”.

 

Deus conhece todas as minhas imperfeições! Todas as rachaduras e  machucados que Seu amor juntou e colou. Mas Ele ainda se agrada                       de mim, exatamente como eu sou. Eu nunca serei uma caneca lindamente adornada e desenhada a para servir reis. Eu gosto de andar descalça, tocar e abraçar (isto não se encaixa num padrão de realeza). Ainda mais que é verdade que minha casca exterior está envelhecendo e exibindo estas minúsculas rugas que desbotam toda a porcelana envelhecida. E a alça da minha caneca está rachando. Mas ainda assim Ele me ama! Ele me criou com um propósito, para ser usada em Suas mãos.

Quantas vezes eu tenho me quebrado no chão. Ele me levanta, ele me junta e Sua cola me faz mais forte e mais valiosa para Ele.  De fato, quanto mais Ele investe de Si em mim, mais Ele me usa em áreas que eu nunca pensei serem possíveis de ser usada.

Então, com rachaduras, a alça da minha quebrada, a parte de fora exibindo minha idade, minha caneca ainda pode conter o Seu Espírito para que outros sintam, provem, e experimentem o amor de Deus.  

Esta pequena caneca não está comigo mais ….

Ela quebrou-se numa derradeira e fatídica queda em um piso de cerâmica.

Mas as lições que aprendi disto permanecem em minha memória …. e eu ainda amo “minha canequinha de café”.

   -Voni

 

Você consegue pensar em si mesma como uma “caneca de café quebrada”?

Vendo-se desta forma, você consegue ter mais paciência com você mesma?

Ser capaz de rir um pouco mais de você mesma?

Você já pensou como Deus pode colar você de novo se você estiver disposta a se colocar em Suas mãos?

Olhe no espelho, veja seus defeitos e ria.

É maravilhoso quando nós podemos nos reconhecer como “canecas de cafés rachadas”.

Tente isto e veja.

Ele realmente conhece e entende você e a mim? Leia o Salmo 139

Salmo 23 – O Antibiótico Espiritual!

Memórias do passado: fevereiro de 1977 A primeira vez que meu marido de 40 anos se separou de mim.
Estou desesperada! Sem esperança. Eu posso mal consigo racionar logicamente, porque meus pensamentos giram em círculos. Meu esposo foi me deemonstrando por atitudes; mas agora é em claras palavras: ele não me ama mais – e ele deseja que eu me VÁ EMBORA! Este casamento de 27 anos está MORTO, TERMINADO, FINDO. Como eu posso colocar e processar tudo junto em minha mente? Eu não tenho nem palavras para orar, exceto para “SOCORRO”. O Espírito Santo ouve minhas lágrimas e a memória se arrasta dentro do meu cérebro aterrorizado e anestesiado.Jesus-Good-Shepherd-guides-me

“O Salmo 23 é um antibiótico spiritual”. Isto é verdade, qualquer que seja a crise que esteja enfrentando.
À medida que vou lembrando desta lição, eu começo a escrevê-la.

Instruções:

Copio as palavras do Salmo 23 em alguns pedaços de papel. Coloco um em minha cabeceira, outro no espelho (ou perto dele, outro em minha carteira, outro em meu bolso.

Dosagem:
Pego o papel e leia-o verbalmente (isto pode ser feito silenciosamente ou ALTO – dependente de mim) todo o Salmo 23, pensando nas palavras. Isto é tudo …. basta lê-lo oralmente – Não para estudar – somente para leitura.

Frequencia da dosageevant-a cada 4 horas ou como segue –
De madrugada – antes ou ao se lar
No meio da manhã
Ao meio-dia – durante o almoço
Na metade da tarde
No jantar – durante a comida
Antes de dormir: Eu sento ao lado da cama enquanto tomo a dose (então posso pegar no sono e dormir).

Período da dosagem:
30 dias

Quando você começar a se sentir melhor não pare a dosagem!

Continue por 30 dias.

Se você esquecer uma dose, entre adequadamente na rotina no próxima hora de dosagem seguinte.

IMPORTANTE!
O paciente pode repetir este antibiótico se necessário.

Eu tomo o antibiótico. Em cerca de duas semanas eu me sinto melhor: eu continuo triste e angustiada, mas começo a pensar claramente melhor e tenho metas mais claras

Penso a respeito de parar a dosagem mas eu continuo.
Que coisa boa eu fiz!

Antes do final dos 30 dias a palavra de Deus no Salmo 23 começou a fazer parte da minha vida diária. Elas passaram do meu Eu pintelecto para meu coração, e começaram a me mudar. Meu primeiro foco é agora no meu Deus e Senhor: não sobre meu esposo. Eu aprendo uma lição muito importante. Aquela ovelha que Jesus está carregando – sou eu!

Isto aconteceu em 1977. Agora é 2015

Nestes anos, tenho usado este anti-biótico muitas vezes. Já mudou minha vida, me trouxe novo compreensão, sempre me dá mais saúde espiritual, que também influencia a saúde do corpo físico.

EXPERIMENTÁ-LO POR SI MESMO.

E deixe-me saber os seus resultados.

Com amor,
– Voni

Deus – e Café

Copy of teacup[1]

Eu estou sentada à mesa no canto da cozinha. O sol está reluzindo nas janelas no momento em que eu olho para o nosso pequeno quintal. Eu amo este pequeno canto de nossa casa.  Pode soar como loucura, que esse cantinho é o meu “abrigo”, especialmente nessa hora da manhã.

Meus três filhos mais velhos saíram há cerca de 15 minutos atrás, foram para a escola. Meus dois filhos mais jovens ainda estão dormindo, meu marido foi para a aula, e eu estou sozinha comigo mesma em uma casa silenciosa – pelo menos por poucos minutos, e eu estou feliz!

Depois de limpar da mesa os restos do café da manhã da família, a minha xícara de café estábreakfast table pronta, enquanto a torradeira estala uma fatia de pão de passas e canela em um canto da mesa. Meu notebook, a Bíblia e o comentário estão abertos, ocupando a maior parte do espaço. Eu consigo colocar no pires (a mesa é pequena) a manteiga para a torrada, em seguida um pouco de mel e uma fatia de queijo. Ah! meu café da manhã está pronto. Eu vou pegar um pedaço desta deliciosa torrada, um gole de café, depois, abro o comentário para as observações sobre o próximo versículo em meu estudo sobre ORAÇÃO. Eu leio o verso, procuro-o no comentário, então, escrevo a conclusão dos meus próprios pensamentos no notebook. Eu estou no processo de fazer isto do princípio ao fim do Novo Testamento. É enriquecedor! Estou aprendendo muito … e simplesmente por escrever os meus pensamentos, eles se fixam permanentes em minha mente.

Meu café e torrada praticamente se foram (o café ficou um pouco frio já que eu estava escrevendo, então eu tive que colocá-lo no microondas por 30 segundos, para poder curti-lo até o fim). Eu penso em outra fatia de torrada, mas ouço alguns ruídos no andar de cima. Os filhos menores estão despertando … Eu rapidamente pego meu material do estudo e o coloco no alto o suficiente para que as pequenas mãos não o possam alcançar. (Desta vez eu utilizo a parte superior do refrigerador).

Enxugando as mãos no avental, eu corro até os degraus da escada e começo a subir, orando para começar meu dia. Eu vou precisar de Sua ajuda: Eu sou tão grata porque eu posso falar com Ele. Eu não conseguiria nada sem essas conversas

Orai sem cessar. . . falando com Deus durante todo o dia.  Muito melhor do que falar comigo mesma!
Portland Oregon 1966

49 anos depois  Portland, Oregon 2015

É manhã e o apartamento está silencioso: um nítido contraste com a maioria dos meus anos como older woman in rocking chair reading - cartoonesposa e mãe. Meu esposo não dormiu bem na noite passada, então ele vai ficar dormindo mais um pouco agora. Eu fiz o meu café da manhã, estou sentada na minha cadeira de balanço, com o meu computador em meu colo, meu diário ao meu lado, e alcanço a minha Bíblia em Português. Eu estou tentando ler a primeiramente a Bíblia em Português. Eu quero continuar a melhorar na língua – sim. Mas a melhor parte é que, quando eu leio os versos em Português, ele me dá uma maior profundidade do significado/um ponto de vista ligeiramente diferente quando olho para as palavras. Eu adoro fazer isso. Eu li mais lentamente, porque eu também estou aprendendo mais da gramática enquanto eu leio. Eu sorrio quando me lembro que nas colônias nos Estados Unidos o livro de leitura das crianças era a Bíblia. Assim, meu livro de leitura em Português é a Bíblia

open Bible gEsta manhã, eu fui para Efésios … oh!  que alegria é ler as promessas que Paulo declarou que são nossas. Eu ainda – depois de todos esses anos – não tenho uma compreensão clara da predestinação sobre a qual Paulo escreveu.  Eu sei o significado da palavra, mas li muitas opiniões diferentes, e assunto ainda não está muito claro para mim.. O que não é um problema.

Eu tenho aprendido que a leitura da Bíblia é como descascar uma cebola. Um reconhecimento (remove a casca) da primeira camada, então, retorna e lê a mesma passagem novamente, e vislumbra outra profundidade (remove a segunda camada), em seguida, descobre que há ainda mais lá!

Um dos fatos da leitura da Palavra de Deus é – cada vez que eu a leio – eu aprendo algo novo. Eu sorrio – depois de todos esses anos, eu ainda estou descascando esta cebola.

Conforto, força, segurança, desafio – sempre algo novo. E agora, eu tenho versões da Bíblia no meu Smartphone, então eu posso ler a Bíblia à noite no escuro, se eu acordar. Lendo-a acalmo minha mente, dando-me descanso.

A estabilidade que eu tenho na minha vida – através de todos os tempos de agitação, alegria, tristeza, riso, beleza, cansaço, modificando mudança após mudança. . . a estabilidade vem da Palavra de Deus (Sua carta de amor para mim) e o privilégio de conversar com Ele, dia ou noite.

Você já descobriu isto?

 

Gostaria de algumas ideias as quais tenho aprendido?

Você sabia que pode usar o Salmo 23 como um antibiótico espiritual. 

Você sabe como ler Provérbios para que você possa absorvê-lo realmente?

Basta deixar seus comentários, ideias ou perguntas nos comentários

Pegue o seu café e comece.

 Copy of teacup[1]

Eu te amo!

– Voni

 

 

Como Se Diz Pulga?

flea and dog)

Nós estamos em pé, suando e frustrados, no meio de uma multidão de brasileiros que estavam rindo e olhando nossas cambalhotas engraçadas. Como é que  entramos numa situação como aquela? Foi assim.

A casa que estávamos alugando está situada na periferia de Belo Horizonte, uma cidade com cerca de um milhão e meio habitantes. A área é bastante nova, então nós moramos em uma rua de terra esburacada, com muitos lotes vazios, alguns com pedaços de lixo espalhados, e cheios de capim seco crescido.

Nós gostamos da casa e dos nossos vizinhos, mas estamos tendo um problema sério. Temos sidos invadidos por pulgas – MUITAS PULGAS.

Uma vez que não existem mercados próximos de nós, e a drogaria do bairro não vende veneno de pulga, nós vamos ter que ir para o centro da cidade; cerca de 45 minutos de ônibus.

Nós finalmente estamos chegando ao nosso destino no centro da cidade e descemos os degraus para a rua. As calçadas estão lotadas, assim nós pedestres estão constantemente se esquivando uns dos outros, mas pelo mrnos podemos nos mover! Eu estou sentindo gotas de suor em meus braços, que escorrem até o cotovelo. Olho ao redor para ver se encontro em algum lugar a placa da temperatura. Não havia. Mas eu sei que está ficando mais quente.

Nós chegamos às Lojas Americanas, uma grande loja com “preços populares”. Está sempre cheia de pessoas e hoje não é diferente. As duas grandes entradas estão abertas e escancaradas; as portas de aço estão suspensas e enroladas, permitindo que a multidão se deslocasse, para dentro e para fora, esperando um pouco de ar fresco a entrar. Os enormes ventilares de teto giram rapidamente esperando ajudar a movimentar o ar. Mas é gente demais, com o corpo molhado; a área grande demais para os ventilares funcionarem bem, os corredores são muito estreitos e, neste dia, o calor torna o interior da loja numa fábrica de suor. 

Nós paramos por um momento e fomos arrastados por uma multidão para baixo de um estreito corredor, com pilhas de mercadorias ao nosso redor. Parece que nós chegamos ao local certo, nós nos desvencilhamos do fluxo de corpos humanos e nos aproximamos do balcão, procurando por uma balconista.  Ela veio até nós e nos pergunta se pode nos ajudar. Meu esposo começa a pedir pelo veneno de pulga. Ele lembra da palavra para veneno de pulga mas dá um branco em sua mente.  Qual é a palavra para “flea”?
 

Ele olha para mim, minha mente também não está funcionando. Ambos procuramos encontrar nossos dicionários de bolso onde costumamos coloca-los, mas nenhum de nós tem um.Entramos flea 1em  pânico. Temos que resolver isto agora. Como podemos imitar uma pulga???

 

As pessoas param e nos encaram. O local se torna inacessível com a multidão que se ajunta, rindo dos dois Americanos que giram como loucos. Mais e mais pessoas surgem, esticando seus pescoços para ver o que está acontecendo. Eu penso que poderíamos cobrar ingresso para isto. (Me conte agora como você imitar uma pulga pulando em seu braço??? Isto faz você dar risada? Então você percebeu meu ponto).

Eu quero chorar, pelo constrangimento e frustração, mas não vou me permitir….
As pessoas param e nos encaram. O local se torna inacessível com a multidão que se ajunta, rindo dos dois Americanos que giram como loucos. Mais e mais pessoas surgem, esticando seus pescoços para ver o que está acontecendo. Eu penso que poderíamos cobrar ingresso para isto. (Me conte agora como você imitar uma pulga pulando em seu braço??? Isto faz você dar risada? Então você percebeu meu ponto).
Como estamos totalmente em muitas palhaçadas (sem sucesso exceto pelas risadas), atrás de mim eu ouço INGLES! Eu me viro. Ali de pé está um baixo senhor idoso absolutamente calmo, dizendo: “Talvez eu posso ajudar você?”

Eu quero jogar meus braços ao redor dele e beijá-lo, mas eu me contive a um sorriso e a um “sim, por favor!”.

Nós explicamos nosso problema. Ele sorriu e perguntou: Você quer dizer “pulga?”. PULGA – ERA ISSO!.

A multidão ao nosso redor começou a se dissipar quando o nosso show grátis chegou ao fim. Nós agrademos ao cavalheiro, nos viramos para a balconista e meu esposo lhe perguntou: “Vocês tem pó para matar as pulgas?”. A balconista sorriu, Sim!” “Quantos você quer?”. Ela ficou surpresa com a resposta precisa: ‘Oito!!! (Oito latas)

Afinal, tinham muitas pulgas na casa, nós necessitávamos ter um estoque de reserva de pó para pulga para o futuro, e nenhum de nós queria estar de volta àquela loja em algum momento breve.

Até hoje, algumas vezes eu me pergunto por quanto tempo teríamos ficado lá se aquele cavaleiro não tivesse chegado.

A escritura confirma:”Quando você chamar, Eu vou responder”. Muito obrigada, Pai!….. Eu me pergunto se era um anjo? De qualquer modo para mim, foi um milagre!flea 3
Lições aprendidas: Nós nunca mais esqueceremos novamente a palavra pulga. Nós sempre temos guardado os nossos dicionários de bolso conosco (hoje pode-se usar smartphone). Nós aprendemos, mais uma vez, como rir de nós mesmos … o que é ótimo para a humildade!                                                      

E oba!!! Nós nos livramos daquelas desagradáveis pulgas.

– Voni

Coisas que tenho pensando desde então:

Eu tenho medo de que isto aconteça muitas vezes em nossas vidas espirituais.

Você vê aqui uma possível semelhança em não conhecer, em não estar preparado, em não ter recursos disponíveis? Preocupado e frustrado.

Como você pode descrever isto?

aconteceu em novembro de 1967 em Belo Horizonte, MG Brasil

Esta manhã nós nos levantamos cedo e para caminhar cinco quarteirões naquela rua suja e empoeirada para tomar o ônibus. Nós esperávamos fugir do calor e naquela hora ainda era agradável para sair da casa. Contudo, quando entramos no ônibus lotado o calor estava lá esperando por nós. À medida que mais e mais pessoas iam entrando no ônibus nós nos agarrávamos às barras. O termo “sardinha em lata” – Estamos vivenciando isto.


Nós finalmente estamos chegando ao nosso destino no centro da cidade e descemos os degraus para a rua. As calçadas estão lotadas, assim nós pedestres estão constantemente se esquivando uns dos outros, mas finalmente podemos nos mover! Eu estou sentindo gotas de suor em meus braços, que escorrem até o cotovelo. Olho ao redor para ver se encontro em algum lugar a placa da temperatura. Não havia. Mas eu sei que está ficando mais quente.