SERÁ QUE EU SOU UMA XÍCARA RACHADA?

Eu estou esperando para pagar a minha compra. A moça do caixa levanta o artigo que eu comprei e diz: “Dona, você viu que esta caneca está com defeito?”

Eu aperto os olhos para ver mais de perto. Ela está certa! O que parece ser uma rachadura, mas na verdade não é, faz parte da caneca, está embutida nela.

Mesmo assim, eu quero a caneca, com ou sem defeitos. Então eu pechincho com ela, consigo um desconto e saio da loja feliz.

Por alguma razão, eu amo essa pequena caneca. Ela é perfeita para tomar pouca quantidade de café, e me sinto feliz só de olhar para ela. Eu amo até os defeitos. Todo mundo na nossa casa sabe que ela é a “caneca da Voni” e que, quando eu vou tomar café, eu quero aquela caneca.

Eu faço uso dela constantemente.

O triste dia chega em que a minha caneca cai e a alça se quebra. Mas eu ainda consido usá-la, e eu uso.

Nesse ponto, o meu marido já está se perguntando o que há de errado comigo. A nossa cozinha tem um monte de canecas e xícaras para tomar café que usamos nas nossas reuniões e estudos bíblicos, quando o apartamento fica cheio de gente. (Eu amo esses momentos!)

Por que eu ainda uso essa pequena caneca de café sem alça? Ele olha para mim e balança a cabeça. Eu não preciso perguntar a ele a razão daquele olhar: depois de 24 anos de casamento, nós conhecemos muito bem a linguagem corporal um do outro.

Eu até tirei fotos da “minha caneca”. O que está acontecendo comigo?

Em uma tarde surpreendentemente tranquila, estou sentada à mesa da cozinha tomando um café quentinho que acabou de ser feito (na minha caneca rachada), olhando pela janela e pensando sobre algumas dessas coisas. De repente, eu entendo.

É porque eu também sou uma “caneca rachada”.

Deus conhece todas as minhas imperfeições! Todas as rachaduras e lugares que foram colados de volta pelo amor Dele. E Ele ainda assim cuida de mim e se preocupa comigo, assim do jeito que eu sou. Eu nunca vou ser uma xícara chique e projetada de forma majestosa para servir reis. Eu gosto de andar descalça, tocar e abraçar – o que não se encaixa muito bem nos padrões da realeza.

Isso é ainda mais verdadeiro à medida em que a minha casca externa está envelhecendo e exibindo aquelas minúsculas rachaduras que se parecem com teia de aranha e correm por toda a porcelana velha. E a alça da minha caneca está rachando. Mas Ele ainda me ama! Ele me criou com um propósito, para ser usada em Suas mãos.

Quantas vezes eu já caí no chão. Ele me levanta, me recompõe, e a cola Dele me torna mais forte e de mais valor para Ele. Na verdade, quanto mais Ele investe de Si mesmo em mim, mais Ele me usa em áreas que eu nunca pensei que seriam possíveis de serem usadas.

Então, rachada, quebrada com o punho, com a parte externa da minha caneca mostrando a minha idade, a minha caneca ainda pode conter o Seu Espírito, para que outros sintam, provem e experimentem o amor de Deus.

Essa pequena caneca não está mais comigo. . .
Ele se espatifou em sua última queda fatal em um piso de cerâmica.
Mas as lições que aprendi com ela permanecem na minha memória … e ainda amo minha “caneca de café”.

Voni

Você consegue se imaginar como um “caneca de café rachada”?
Vendo-se assim, você consegue ter mais paciência consigo mesmo? Consegue ser capaz de rir de si mesmo um pouco mais? Você já pensou em como Deus pode colar os seus pedaços de volta quando você está disposto a se colocar nas mãos Dele?

Olhe no espelho, veja todos os seus defeitos e sorria.
É maravilhoso quando podemos nos reconhecer como “canecas de café quebradas”.
Tenta e veja você mesmo.

Será que Ele realmente nos conhece e entende? Leia o Salmo 139

Voni's View

Life is interesting - and can be challenging. Voni shares with you her experiences

We won't send you spam. Unsubscribe at any time. Powered by ConvertKit

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.